O que são crenças limitantes e como reprogramá-las?

Dúvidas Frequentes

Solicite atendimento

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.


  • CENTRAL 0800 280 3155
  • Aracaju, SE (79) 9.9174-1435
  • Belém, PA (91) 99193-6529
  • Belo Horizonte, MG (31) 2555 5850
  • Blumenau, SC (48) 99975-1500
  • Boston, MA ️(781) 281-1932
  • Brasília, DF (61) 3013 4450
  • Campina Grande, PB (83) 99647-1637
  • Campinas, SP (19) 3368.4228
  • Campo Grande, MS (67) 98191-5557
  • Curitiba, PR (41) 4101-1037
  • Florianópolis, SC (48) 3036-0305
  • Fortaleza, CE (85) 3133 3200
  • Foz do Iguaçu, PR
  • Goiânia, GO (62) 3142-0410
  • João Pessoa, PB (83) 3035-3507
  • Joinville, SC (47) 99990-3613
  • Juiz de Fora, MG (21) 3952-6100
  • Lisboa, PT +351 968 499 990
  • Luanda, AO +244 945 869 990
  • Maceió, AL (82) 3185-7071
  • Manaus, AM (92) 3307-0480
  • Maringá, PR (44) 3052-0508
  • Mossoró, RN (84) 4042-2045
  • Natal, RN (84) 4042-2045
  • Niterói, RJ (21) 3952-6100
  • Orlando, FL +1 (321) 209- 0013
  • Palmas, TO (63) 99937.9125
  • Porto Alegre, RS (51) 3110-5611
  • Porto Velho, RO (69) 3229-6501
  • Recife, PE (81) 4042-2230
  • Ribeirão Preto, SP (16) 40421770
  • Rio de Janeiro, RJ (21) 3952-6100
  • Salvador, BA (71) 3106 0101
  • Santo André, SP (11) 4979-5203
  • São José dos Campos, SP (12) 3942-3907
  • São Luís, MA (98) 3311-7000
  • São Paulo, SP (11) 3810-0001
  • Teresina, PI 86 9 8876-6775
  • Uberlândia, MG (34) 3082-2022
  • Vitória, ES (27) 2142.3692

Preencha o formulário abaixo e fale com um de nossos consultores

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

O que são crenças limitantes e como reprogramá-las?

A maioria das pessoas têm uma dificuldade imensa em se conscientizar sobre o que está fazendo com que se sintam estagnadas. Outras até conseguem identificar o que precisam mudar para alcançar o sucesso, mas continuam sem tomar uma atitude. 

Tudo isso se dá devido aos hábitos e crenças nocivos que carregamos ao longo dos anos. 

Confira esse post até o final e saiba mais sobre crenças e como programá-las para ter uma vida abundante.

Boa leitura!

O que é crença?

Crença é toda programação neural assimilada ao longo do tempo, principalmente na infância. 

Para explicar de forma mais clara, as pessoas nascem como folhas em branco, porém, com o passar do tempo, vamos adquirindo conhecimentos, experiências familiares, sociais e interpretações pessoais que preenchem essa folha com crenças. 

Elas vão determinar o nosso comportamento, os nossos resultados, emoções, escolhas e a forma como vemos o mundo. 

São como imãs, atraindo aquilo que você acredita: você crê em uma verdade e ela se torna real. Ou parecem evidentemente reais para você.

É por isso que se você tem crenças limitantes quanto ao aspecto financeiro, consequentemente terá problemas financeiros, assim como se tiver crenças limitantes sobre o aspecto conjugal, terá problemas conjugais.

Isso acontece porque você está conectado com essa verdade e a vida te trará situações que sejam compatíveis com esta vibração. Por isso, nós precisamos nos conectar com aquilo que realmente queremos para nossas vidas.

Se você quer crescer e evoluir precisa deixar de lado essas historinhas que conta para si mesmo e começar a agir em prol dos seus objetivos e das suas metas.  

Para tanto, conhecer o processo de geração de crenças é imprescindível para saber como eliminar ou estimular determinados tipos de comportamento nas nossas rotinas. 

Como as crenças são formadas?

As crenças são formadas com base no que vemos, ouvimos e sentimos. Ao viver determinadas experiências repetidamente, o nosso cérebro fortalece e registra o resultado dessas experiências e, a partir de um determinado tempo, toma aquele resultado como verdade para outras situações que se assemelham ao que foi vivido. 

O nosso cérebro não sabe diferenciar entre uma situação virtual (como um filme ou uma notícia de um jornal) do que você está vivendo de fato, e por isso essa ferramenta é tão eficaz no processo de criação de novos padrões comportamentais. 

Como as crenças se instalam em nossa mente? 

Matriz passiva de geração de crença

Assim como mencionamos anteriormente, o nosso cérebro não sabe diferenciar entre uma situação virtual com o que está vivendo de fato. Sendo assim, a matriz passiva está relacionada à seletividade da informação: TV, programas, pessoas, músicas, filmes. 

Para ficar mais fácil de entender, vamos a um exemplo: uma mãe está esperando o filho chegar da faculdade no período da noite e no noticiário ela vê que o índice de criminalidade está bem alto na região. 

Primeiramente, ela teve a informação que recebeu do canal. A partir deste momento começa a ter pensamentos e emoções sobre o noticiário e fica preocupada com o filho. Neste momento, ela começa a gerar emoções chegando a conclusão que o mundo é perigoso. 

Assim, ela gera senso e consequentemente começa a ter medo de sair à noite, pois tomou como verdade que o mundo e a cidade em que vive é perigosa. 

Desta forma podemos resumir a matriz de geração de crença passiva como: 

INFORMAÇÃO ➡ IMAGEM ➡ SENTIMENTO ➡ FILTRO ➡ SENSO ➡ CONVICÇÃO ➡ CRENÇA ➡ RESULTADO

Matriz ativa de geração de crença 

Neste grupo, a pessoa começa a passar para as outras as suas crenças. 

Tomando a informação que mencionamos anteriormente como exemplo, podemos dizer que depois que a mãe tomou como verdade que a cidade é perigosa, vai começar a falar para outras pessoas sobre a crença que ela criou e consequentemente vai procurar informações para tornar sua crença convincente. Cabe aos outros tomar essa crença como verdade ou não. 

Portanto, podemos resumir a matriz de geração de crença ativa como:

INFORMAÇÃO V.A.S ➡ SENSO ➡ CONVICÇÃO ➡ CERTEZA ➡ CRENÇA ➡ COMPORTAMENTO ➡ PENSAMENTO ➡ SENTIMENTO.

Antes de continuar, pare para uma reflexão: quantas crenças que você já tomou como verdade que outras pessoas falaram para você?

Quais são os tipos de crenças

Hereditárias

É representada por tudo aquilo que o indivíduo ouve dos pais e observa em seu sistema familiar. 

Por exemplo: “você faz tudo pela metade” ou então “desse jeito você nunca vai conseguir ter dinheiro” são palavras que ficam registradas para toda a vida. O mesmo vale para a vivência de situações que envolvem traição, brigas por dinheiro, ausência, entre outros. 

Sociais

São as crenças populares impostas pela mídia ou pela sociedade. Alguns exemplos comuns são: “o mundo é perigoso”, “os ricos são mais felizes” e “o pior dia da semana é segunda-feira”.

Pessoais

São as crenças criadas a partir da experiência individual. Elas têm origem hereditária, mas se tornam verdades pelas experiências. 

Desta forma, se você termina um relacionamento por traição, pode começar a pensar que ninguém gosta de você de verdade, assim como, se for mandado embora, pode concluir que é incapaz. 

O que são crenças limitantes?

De maneira resumida, elas são as interpretações e os pensamentos que assumimos como verdade e que nos impedem de desenvolver as competências, habilidades e emoções.

Em geral, são concepções falsas ou que têm parcial verdade, mas que limitam a pessoa em se esforçar para erradicá-las de sua rotina.

Como resultado, a resignação assume o controle do coeficiente emocional do indivíduo, que passa a aceitar as crenças limitantes como partes estruturais de sua personalidade. Alguns exemplos de crenças limitantes são:

  • “nunca vou conseguir dinheiro suficiente”;
  •  “nada dá certo pra mim”;
  • “não tenho tempo para nada”;
  • “não sou bom o suficiente”;

É possível mudar minhas crenças?

A pergunta que você possivelmente está se fazendo neste momento é essa. 

Bom, segundo Paulo Vieira em seu livro “Eu, líder eficaz”, crenças são nossas convicções mais profundas, são nossas verdades incontestáveis, e complementa, dizendo que é algo que aprendemos, e por isso, podemos desaprender e novamente reaprender.

Agora te convido a parar por um momento e se dedicar a identificar um comportamento ou padrão de pensamento que você gostaria de mudar. 

Ao identificar um padrão de comportamento, você gera consciência sobre ele. Isso te permite a ativamente, criar um novo plano de ação para mudar esse comportamento. 

Sendo assim, as mesmas estruturas neurais que formam crenças negativas na sua vida ou infância, são as mesmas estruturas que irão gerar crenças fortalecedoras e de vitória. 

Porém, o que você prefere, 5 milhões ou mudar completamente as suas crenças financeiras?

Quando você acredita que crenças limitantes criam padrões destrutivos no emocional e, é nessa hora que entra a Inteligência Emocional! 

Inteligência emocional para a reprogramação de crenças

Você já ouviu falar em inteligência emocional? 

Ela nada mais é do que a capacidade que um indivíduo tem de compreender e gerenciar as próprias emoções e também de aprender a lidar com as emoções e sentimentos das pessoas a sua volta, com o objetivo de alcançar resultados positivos! 

Desenvolver a inteligência emocional é necessário para todos os segmentos, e principalmente para grandes líderes. Afinal, ter um controle sobre o fluxo das emoções e a capacidade de refrear impulsos é uma qualidade essencial para conseguir ser bem-sucedido e ter um bom relacionamento interpessoal com os colegas de trabalho.  

Além disso, ela é uma habilidade única que te permite entender suas crenças emocionais. 

Porém, para isso, é preciso olhar para a sua história de vida, identificar os sentimentos e padrões de pensamento que estão por trás dos seus comportamentos e rever seus programas emocionais limitantes. 

Reserve um tempo para questionar-se de maneira que você entenda o que te limita e o que está te bloqueando.  

O primeiro passo para identificar as crenças limitantes nos seus pensamentos é por meio do exercício de sua própria consciência para ressignificá-la. Para começar, pergunte-se:

  • Você costuma perseguir os seus objetivos e sonhos?
  • Você impede a si de agir?
  • Quando você se convence a não fazer algo, o que limita as suas ações?
  • Você considera que merece os próprios sonhos e metas?
  • Sua autocobrança faz você sofrer mais?

Agora, com base nessas respostas, procure identificar quantas — e quais — desculpas foram usadas para não realizar algo.

Por exemplo: Se você quer trocar de carro mas culpa a crise do país, a verdade pode ser que você está apenas contando historinhas e não quer sair da zona de conforto.

Portanto, para livrar-se das crenças limitantes, Paulo Vieira, um dos mais conceituados coaches do Brasil e criador da revolucionária metodologia do Coaching Integral Sistêmico (Método CIS), aborda que para conseguir ter sucesso e deixar as crenças de lado, você precisa COMUNICAR com ápice  e visão.

Ou melhor,  se você comunicar de forma vitoriosa, você se sentirá vitorioso! Se comunicar que é feliz, você consequentemente se sentirá feliz e realizado. Além disso, lembre-se que  todo sentimento produz crenças e  toda crença é autorrealizável. Por isso produza CRENÇAS DE VITÓRIA.

Você terá excelentes resultados!

Saiba mais sobre o tema clicando aqui. 

 

Deixe seu Comentário

Veja outras notícias sobre a Febracis