Como ser o capitão do barco da sua vida?

Dúvidas Frequentes

Solicite atendimento

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.


  • CENTRAL 0800 280 3155
  • Aracaju, SE (79) 9.9174-1435
  • Belém, PA (91) 99193-6529
  • Belo Horizonte, MG (31) 2555 5850
  • Blumenau, SC (48) 99975-1500
  • Boston, MA ️(781) 281-1932
  • Brasília, DF (61) 3013 4450
  • Campina Grande, PB (83) 99647-1637
  • Campinas, SP (19) 3368.4228
  • Campo Grande, MS (67) 98191-5557
  • Curitiba, PR (41) 4101-1037
  • Florianópolis, SC (48) 3036-0305
  • Fortaleza, CE (85) 3133 3200
  • Foz do Iguaçu, PR
  • Goiânia, GO (62) 3142-0410
  • Joinville, SC (47) 99990-3613
  • Juiz de Fora, MG (21) 3952-6100
  • Lisboa, PT +351 968 499 990
  • Luanda, AO +244 945 869 990
  • Maceió, AL (82) 3185-7071
  • Manaus, AM (92) 3307-0480
  • Maringá, PR (44) 3052-0508
  • Mossoró, RN (84) 4042-2045
  • Natal, RN (84) 4042-2045
  • Niterói, RJ (21) 3952-6100
  • Orlando, FL +1 (321) 209- 0013
  • Palmas, TO (63) 99937.9125
  • Porto Alegre, RS (51) 3110-5611
  • Porto Velho, RO (69) 3229-6501
  • Recife, PE (81) 4042-2230
  • Ribeirão Preto, SP (16) 40421770
  • Rio de Janeiro, RJ (21) 3952-6100
  • Salvador, BA (71) 3106 0101
  • Santo André, SP (11) 97200-3657
  • São José dos Campos, SP (12) 3942-3907
  • São Luís, MA (98) 3311-7000
  • São Paulo, SP (11) 3810-0001
  • Teresina, PI 86 9 8876-6775
  • Uberlândia, MG (34) 3082-2022
  • Vitória, ES (27) 2142.3692

Preencha o formulário abaixo e fale com um de nossos consultores

Verifique o preenchimento dos campos destacados
Sua mensagem foi enviada com sucesso.

Como ser o capitão do barco da sua vida?

Liderança, expressão comumente utilizada nos dias atuais, porém poucos sabem defini-la de forma exata.  De acordo com o site Wikipedia, liderança é “a condução de um grupo de pessoas, transformando-o numa equipe que gera resultados”.  É também “a habilidade de motivar e influenciar os liderados, de forma ética e positiva, para que contribuam voluntariamente e com entusiasmo para alcançarem os objetivos da equipe e da organização”.

Contudo, gostaria de falar aqui sobre liderança pessoal, e antes disso gostaria de me apresentar.  Nasci em uma família de origem chinesa, em que as questões culturais milenares são acentuadas no cotidiano da minha família.  Estou falando de relacionamentos frios onde não há abraços, toques, palavras de carinho e muito menos de encorajamento.  Trata-se de uma cultura extremamente machista onde o foco da atenção familiar é voltada somente para a figura masculina.

Antes de me tornar Trainer e Master Coach da Febracis, fui servidora pública por nove anos, sem sonhos, reclamando e me arrastando para o serviço todos os dias.  A única coisa que eu me agarrava era a estabilidade que o emprego público me proporcionava. Sou advogada, especialista em direito tributário, falo fluentemente inglês e mandarim, porém me contentava em ficar na minha zona de conforto que era o serviço público.

Minha transformação começou no Método CIS, quando eu descobri que eu vivia dentro dos limites das minhas crenças.  Na definição de Paulo Vieira, em seu livro “ Eu, líder eficaz”, crenças “são nossas convicções mais profundas, são nossas verdades incontestáveis”, porém ele continua ao dizer que “é algo que aprendemos, e por isso, podemos desaprender e novamente reaprender”.

O que quero dizer é que fui ensinada a não ter sonhos pois mulheres chinesas nasceram com destino certo: ser esposa e mãe.  Com isso, não me sentia merecedora de nada além destes dois papéis.  Isto explica o porquê de eu estudar tanto (querendo provar capacidade o tempo todo para meus pais), e quando estava quase passando nos mais diversos concursos públicos eu desistia e recomeçava em outro concurso.

E aqui entra o tema deste artigo, liderança pessoal. Entendi depois do Método CIS, que eu poderia liderar, comandar, determinar a minha vida da melhor forma, direcionando toda minha ação para os resultados que eu desejar.  Para que isto aconteça é necessário utilizar as técnicas e ferramentas de liderança, porém as mesmas devem ser baseadas nos fundamentos da mente humana.

Um dos fundamentos importantes que comandam nossas ações são as crenças.  Sua importância deve-se ao fato de que as crenças podem nos limitar ou nos levar em direção ao nosso potencial.  E se não estamos vivendo a vida abundante, quais crenças tem nos limitado até hoje?

 

Liderança pessoal

Costumo dizer aos meus clientes de coaching individual que os resultados atuais de suas vidas nada mais são do que a exteriorização das crenças internas, limitantes ou não.  Além disso, somos bombardeados por informações externas de todo o tipo, e muitos deles reforçam nossas crenças internas, ou seja, se ficasse vivendo a crise que assola o Brasil, ouvindo os noticiários sobre o alto índice de taxa de desemprego, por exemplo, eu poderia ter usado este fato como um motivador para me manter no meu emprego público por mais alguns anos, para não dizer o resto de minha vida até a aposentadoria.

Como eu identifiquei e eliminei a minha crença de falta de merecimento dentro de um processo de coaching individual, vi que eu poderia e merecia mais, e em fevereiro de 2016, pedi exoneração do meu cargo público e hoje vivo integralmente de coaching, ganhando muito mais que ganhava antes e vivendo um novo estilo de vida abundante.

Porém, não basta identificarmos as crenças limitantes. Devemos buscar uma mudança interna.  Portanto, a mudança deve ocorrer de dentro para fora aplicando, para isso, a matriz de geração de crenças.  Lembrem-se que mencionei anteriormente, que Paulo Vieira informa em seu livro que as crenças são reprogramáveis.  A matriz de geração de crenças funciona da seguinte forma:  tudo que eu comunico, gera sentimento.  Todos os sentimentos geram pensamentos.  Todos os pensamentos que se repetem, geram crenças, e as crenças por serem nossas verdades se tornam autorrealizáveis.  Pareço ser muito simplista, mas para quem já viveu o Método CIS e leu o livro mencionado neste artigo, sabe do que estou falando.  Tem a ver com física quântica e neurociência.

Se eu não mudasse a minha comunicação de que eu merecia ganhar mais e ser feliz na minha profissão, tenho certeza que até hoje eu seria funcionária pública.  Porém, ao mudar a minha comunicação, me trouxe bons pensamentos e que me geraram sentimentos de merecimento e capacidade, gerando assim uma crença de que posso tudo que eu quiser, desde que eu me desafie e pague o preço, resultando em uma vida totalmente diferente que jamais ousei sonhar até então.

Por fim, hoje vivo meus sonhos, ou seja, se tornaram realidade porque um dia Paulo Vieira perguntou: “Quem comanda o leme do barco de sua vida?”. Hoje posso dizer que eu sou a líder do meu destino e isso faz que gere resultados positivos em todas as áreas da minha vida.

Deixe seu Comentário

Veja outras notícias sobre a Febracis