O QUE É E NÃO É COACHING

O Coaching é um método usado largamente mundo afora tanto no contexto profissional como no pessoal. Essa metodologia prestigia a estrutura racional e cognitiva do cérebro. No processo de coaching, o primeiro passo é estabelecer o estado atual, ou seja, todos os detalhes da situação atual do cliente. O segundo passo é estabelecer detalhadamente onde o cliente quer chegar (estado desejado). Tendo estabelecido estes dois pontos, o coach conduz seu cliente na elaboração de um minucioso plano de ação que fará o cliente trafegar da posição 1 (estado atual) para a posição 2 (estado desejado) em um tempo recorde.

De forma ainda mais resumida, o coaching promove o desenvolvimento e a potencialização das competências pessoais. Competência é a capacidade de agir, de realizar ações em direção a um objetivo, a metas e desejos. Sendo assim, coaching é um processo de investigação e reflexão conduzido pelo profissional (coach) que fará seu cliente sair de onde está para onde quer chegar.

O coaching cria consciência, potencializa a escolha e gera mudanças, libera o potencial pessoal para maximizar sua performance. O coaching ajuda a aprender; ao invés de ensinar, o cliente tem as melhores respostas; o coach tem as melhores perguntas. Coaching não é terapia, aconselhamento ou psicologia. O Coaching é uma abordagem pragmática focada na realização de um ou mais objetivos específicos. Uma das diferenças mais óbvias é que a terapia tende a focar e se deter nas experiências e nos sentimentos relacionados a eventos passados, ao passo que o Coaching é orientado em direção ao ajuste do objetivo e encoraja o cliente a seguir em frente e a obter novas conquistas e realizações em prol de sua felicidade e qualidade de vida sempre ajudando ao cliente a olhar e focar no futuro. É uma ferramenta que tem um vasto uso nas empresas para aprimorar o desenvolvimento de suas lideranças.

O que é o Coaching Integral Sistêmico?

O Coaching Integral Sistêmico (C.I.S) é um processo desenvolvido pelo Master Coach, palestrante e conferencista internacional, Paulo Vieira. Treinando e desenvolvendo pessoas há quase 20 anos, o que inicialmente era apenas o coaching clássico com perguntas poderosas, metas e plano de ação, se derivou, devido às crescentes demandas de empresas e clientes, na criação de uma metodologia única, profunda e extremamente eficaz. O CIS é capaz de promover mudanças radicais, muitas vezes já na primeira sessão.

Define-se Integral, porque neste método utilizam-se os dois hemisférios cerebrais: o esquerdo, responsável pela parte cognitiva e racional; o direito, pelas emoções, crenças e intuição. Afinal, de que adianta possuir as mais modernas ferramentas se não há competências emocionais para pô-las em prática? Ou, de que adianta possuir objetivos extremamente bem elaborados e não ter as aptidões emocionais necessárias para alcançá-las ou vivenciá-las?

Define-se Sistêmico porque o método compreende que o SER pessoal e o SER profissional formam o SER humano, e quando um destes padece o outro também tem prejuízos. Coaching Integral Sistêmico entende que, para um profissional ter sucesso duradouro, sua saúde deve ser cuidada, sua família ser feliz, seus laços sociais consistentes, sua vida financeira equilibrada. A metodologia CIS leva o cliente a uma plenitude de vida.

Veja abaixo a explicação do Master Coach e presidente da Febracis, Paulo Vieira, sobre o que é Coaching Integral Sistêmico:

Por que estudar na febracis?

Veja mais